Mulher é ameaçada de morte após acusar funcionários de IMLs de abusar sexualmente de cadáveres

Três meses após denunciar à Polícia Federal e ao Ministério Público que pessoas abusam sexualmente de cadáveres femininos em Institutos Médicos Legais (IMLs) e em funerárias, no Brasil, Nina Maluf sofre ameaças de morte. Ela e o companheiro, Vinícius Cunha, donos de uma funerária no Rio Grande do Sul, deram publicidade ao caso que ficou … Ler mais