Bolsonaro lamenta pela vida de bebês argentinos

O presidente Bolsonaro comentou a nova lei aprovada na Argentina sobre a legalização do aborto, assim o mesmo ‘lamenta pelas crianças’.

Ainda repercute nas redes a postagem do presidente da republica Jair Bolsonaro sobre a legalização do aborto na Argentina. Em suma, a Argentina aprovou uma lei em que bebês podem ser abortados do ventre materno.

Por conseguinte, a lei foi aprovada com apenas 29 votos contra, e 38 votos a favor. Dessa forma, as feministas do país se aglomeraram nas ruas para comemorar sua ‘vitória’. Assim, também em comemoração o presidente da Argentina, Alberto Fernández publicou em suas redes sociais:

“O aborto seguro, legal e gratuito é lei. Prometi fazê-lo nos dias de campanha eleitoral. Hoje somos uma sociedade melhor, que amplia os direitos das mulheres e garante a saúde pública”

Ademais, a nova lei argentina se refere as gravidas não como mulheres, mas sim como pessoas com capacidade de engravidar. Assim, a lei fala que as gestantes não são necessariamente mulheres logo incluindo identidade de gênero na lei.

Outrossim, a lei diz que o aborto pode ser realizado até a 14º semana de gestação.

Bolsonaro por meio de suas redes sociais lamentou pela vida dos bebês argentinos
Em conclusão, o presidente do Brasil fez uma publicação em suas redes sociais comentado a nova lei da Argentina. Assim, o presidente diz que lamenta profundamente pela vida das crianças argentinas e terminou dizendo que o aborto jamais será legalizado no solo brasileiro.

“- Lamento profundamente pelas vidas das crianças argentinas, agora sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com anuência do Estado. No que depender de mim e do meu governo, o aborto jamais será aprovado em nosso solo. Lutaremos sempre para proteger a vida dos inocentes!” comentou Bolsonaro em publicação.

 

Fonte :

Comentários

0 comentários