Enfermeiro vacinado nos EUA é diagnosticado com Covid-19

Um enfermeiro de 45 anos que recebeu a vacina da Pfizer nos Estados Unidos em 18 de dezembro foi diagnosticado com Covid-19, informou a ABC News nesta terça-feira (30).

Matthew W., de San Diego, disse que o único efeito colateral que experimentou após a vacina foi dor no braço.

Seis dias depois, após trabalhar em um turno na unidade Covid-19, Matthew teve calafrios, dores musculares e fadiga. Um teste no hospital confirmou o diagnóstico para a doença.

O cenário, no entanto, não era inesperado, disse o Dr. Christian Ramers, especialista em doenças infecciosas do Family Health Centers de San Diego.

Os pacientes não desenvolvem proteção COVID-19 imediatamente após serem vacinados. “Nós sabemos, a partir dos testes clínicos da vacina, que vai demorar cerca de 10 a 14 dias para você começar a desenvolver a proteção da vacina”, disse Ramers.

Mesmo após esses 10 a 14 dias, os pacientes ainda precisam de uma segunda dose da vacina para proteção total. “Acreditamos que a primeira dose lhe dá algo em torno de 50%, e você precisa da segunda dose para chegar a 95%”, acrescentou Ramers.

Fonte :

Comentários

0 comentários