Com pulmão comprometido, lutador do AEW morre aos 41 anos e deixa amigos e fãs em choque

Os amigos e fãs do lutador de AEW, Jon Huber, mais conhecido como Brodie Lee, foram surpreendidos com a triste notícia de seu falecimento aos 41 anos de idade, no último sábado, dia 26 de dezembro..

Grande profissional do All Elite Wrsdtling, teve seu óbito noticiado pela própria AEW no Twitter oficial da liga. Brodie Lee, era um lutador muito respeitado e amado em todos os sentidos, sua partida repentina está causando grande comoção no mundo todo.

Sua esposa e agora viúva, Amanda Huber, disse que a família está de coração partido com a morte precoce de seu marido em decorrência de doença pulmonar não especificada.

Questionada sobre diagnostico de COVID-19, Amanda garantiu que o esposo não havia contraído o vírus.

Em seu perfil pessoal no Twitter, a viúva do lutador de AEW, registou um depoimento emocionante sobre a perda irreparável de seu esposo e pais de seus dois filhos; Nolan de 3 anos de idade, e Brodie, o primogênito de 8 anos.

Meu melhor amigo morreu hoje. Nunca quis escrever essas palavras. Meu coração está partido, ele era meu melhor amigo, meu marido e o melhor pai que você conheceria. Palavras não podem expressar o amor que sinto ou o quanto estou despedaçada agora. Ele faleceu cercado de entes queridos depois de uma dura batalha contra um problema pulmonar não relacionado à Covid”.

Fonte :

Comentários

0 comentários