Sem aumento real, salário mínimo de 2021 será de R$ 1088

 

 

O governo federal não dará aumento real no salário mínimo em 2021. A proposta enviada e aprovada pelo Senado Federal estipulou que o salário mínimo nacional será de R$ 1088 a partir de janeiro. Serão R$ 43 a mais que os R$ 1.045 de 2020.

O salário mínimo não teve aumento real. Os R$ 43 a mais são somente a correção com base na previsão da inflação acumulada no ano, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). A regra que previa aumento real, o aumento acima da inflação, deixou de existir no ano passado.

O salário mínimo faz parte do texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021, que foi aprovado nesta sexta-feira no Senado e agora segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.

Comentários

0 comentários