PAI DESESPERADO: CRIANÇA DE 2 ANOS MORRE COM TIRO NA CABEÇA NO ESPÍRITO SANTO

*Imagem meramente ilustrativa

A criança de 2 anos atingida com um tiro na cabeça no domingo em São Gabriel da Palha, norte do Espírito Santo, morreu a caminho do hospital. As informações foram confirmadas pela Assessoria de Comunicação do Batalhão de Nova Venécia.

De acordo com o 2º BPM, o autor do disparo que atingiu a criança já foi identificado e está sendo procurado pela polícia. O Batalhão informa ainda que há informações de que o acusado teria fugido de São Gabriel da Palha.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil de São Gabriel da Palha. De acordo com um investigador, o autor do disparo é um menor de 18 anos e o delegado responsável pela Delegacia, Rafael Caliman, deve pedir ainda nesta segunda-feira à Justiça a internação do autor do disparo.

O crime deixou a população de São Gabriel da Palha e municípios vizinhos chocados.

CRIANÇA

A tentativa de homicídio por arma de fogo aconteceu em um bar localizado no Bairro Gustavo Boni, em São Gabriel da Palha. A criança, que brincava no quintal de uma residência, foi atingida na cabeça.

De acordo com a PM, o médico que prestou o primeiro atendimento informou que a criança havia sido atingida na nuca e que a bala ficou alojada na cabeça da vítima.

A criança chegou a ser transferida em estado grave para um hospital de Colatina, mas não resistiu ao ferimento.

 

TIRO

Segundo o boletim de ocorrência lavrado pela PM, após denúncia de tentativa de homicídio, a equipe foi até o local e recebeu dos moradores a informação de que o suspeito e outro rapaz teriam se desentendido em um bar.

De acordo com as informações, a discussão teria sido motivada por um chapéu que a vítima teria pegado emprestado do suspeito, mas não teria devolvido porque já havia perdido o objeto.

Os relatos dão conta de que na manhã de domingo o suspeito foi tirar satisfação com o outro rapaz para cobrar o valor do chapéu, mas ele não teria concordado.

O autor do disparo teria, posteriormente, retornado ao bar portando uma arma de fogo e efetuado dois disparos. O primeiro atingiu na cabeça da criança que estava no quintal de uma casa.

Após o primeiro tiro, testemunhas tentaram conter o acusado, segurando-o, mas ainda assim ele efetuou o segundo disparo em direção à vítima, que não foi atingido. O suspeito fugiu em um Fiat Uno branco.

Comentários

0 comentários