Médico de Maradona é acusado de homicídio culposo

O médico de Diego Maradona, Leopoldo Luque, foi acusado formalmente pela morte do jogador. Luque será processado  por homicídio culposo classificado assim quando não há intenção de matar.

Para a Justiça, ele pode ter sido negligente com Maradona durante depois da cirurgia para a retirada de um tumor na cabeça. Luque teve a casa e a clínica vistoriada pela polícia durante o cumprimento de mandados de buscas.

Maradona morreu em casa, em Tigre após sofrer um infarto dias depois de deixar a clínica onde estava. Um dos pontos da investigação da morte dele é se de fato ele havia recebido alta para deixar a unidade.

As circunstâncias da morte dele também estão sendo investigadas, mas um parente falou com a imprensa local e garantiu que “irregularidades” já foram encontradas no decorrer das investigações. O advogado e amigo de Maradona, Matías Morta, também atrela a morte do jogador à demora da ambulância. Ele acredita que se o socorro tivesse chegado em tempo hábil, Diego teria sobrevivido.

Comentários

0 comentários