JUSTIÇA IMPEDE SECRETÁRIO DE SAÚDE DO ES DE FAZER CAMPANHA ELEITORAL COM DADOS PÚBLICOS, CONFIRA

A justiça eleitoral determinou que o secretário de estado de saúde nésio Fernandes pare de enviar mensagens para servidores do órgão pedindo votos para o candidato a prefeito de Vitória João Coser.

A ordem judicial foi concedida neste sábado pelo juiz José Luiz da Costa Altafim da 1ª Zona Eleitoral e após ação movida pela coligação “Vitória unida é vitória de todos”.

A decisão cita que o secretário teria declarado apoio expresso ao candidato à prefeitura de Vitória, João Coser e valendo-se do cargo público ocupado na Secretaria Estadual de Saúde estaria beneficiando a candidatura de Coser.

O juiz determinou ainda que em caráter urgente urgentíssimo para que se abstenha de enviar mensagem aos eleitores se valendo do cadastro obtido do erra Gar do estado sob pena de multa de R$10.000 por cada mensagem enviada em afronta apresente decisão.

Já o secretário se disse surpreso com a decisão e afirmou que vai esclarecer os fatos na oportunidade devida.

Comentários

0 comentários