Garotinha de 6 anos tem morte trágica em condomínio de São Paulo

Nesta última quinta-feira (26), uma garotinha de apenas seis anos de idade perdeu a vida de uma forma trágica em um condomínio localizado no bairro Raposo Tavares, localizado na cidade de São Paulo, capital paulista.

De acordo com o portal de notícias online da revista ‘Crescer’, Eduarda caiu do sétimo andar do prédio onde morava com sua família, por volta das 8h30.

A mãe de Eduarda, uma vendedora de 36 anos, revelou que deixou a filha dormindo sozinha no apartamento e desceu até a portaria do condomínio para entregar alguns documentos.

Ao chegar no local encontrou a empregada doméstica da família e a avisou que Eduarda estava sozinha no apartamento.

A doméstica subiu até o apartamento e não encontrou Eduarda no quarto onde deveria estar dormindo.

A mulher seguiu até a área de serviços para deixar seus pertences quando ouviu muitos gritos vindo da parte inferior do edifício.

Moradores avisaram ao porteiro que uma criança havia caído de um dos apartamentos, Eduarda foi encontrada com vida, o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), foi acionado, os socorristas fizeram o atendimento e encaminharam Eduarda para o Hospital Universitário da USP, onde ela deu entrada em estado grave.

Horas depois, no início da tarde desta quinta-feira, Eduarda foi à óbito devido a gravidade dos ferimentos.

Foi solicitada perícia para o local, exame necroscópico e carro de cadáver para a criança. O caso foi registrado e será investigado no 75º DP como morte suspeita e abandono de incapaz.

Fonte :

Comentários

0 comentários