Policial faz mulher comer cacos de vidro ao suspeitar de traição

Um homem foi preso após forçar a esposa a mastigar cacos de vidro para assumir uma suposta traição. O caso aconteceu em Minas Gerais.

Segundo o IG, o homem é policial militar e foi detido no mesmo dia após a esposa denunciar sobre as agressões. No boletim de ocorrência consta que o suspeito pegou a mulher no trabalho e a levou para uma área de mata, onde recebeu tapas, socos e puxões de cabelo. Ela inclusive relata que foi torturada por cerca de uma hora, e que seu corpo foi cortado com um pedaço de osso animal e com um pedaço de cerâmica . Nesse momento ela foi obrigada a “comer” os pedaços de vidro.

O militar cessou por instantes as agressões a levou para um hospital, enquanto planejava uma desculpa para contar sobre as marcas no corpo da esposa.

A vítima conseguiu se jogar do carro e acionar a polícia, que encontrou o suspeito na casa da mãe dele.

Comentários

0 comentários