Palmeiras desiste de Avião da Crefisa e viaja para o Equador na terça

O Palmeiras definiu a logística para viajar para o Equador para iniciar a disputa das oitavas de final da Libertadores. A equipe embarcará completa na terça-feira, véspera da partida contra o Delfin.

Houve uma possibilidade de o Alviverde viajar em dois grupos distintos, com direito a um voo no avião de Leila Pereira, conselheira e dona da Crefisa, patrocinadora palmeirense. A questão é que o regulamento da competição, por conta da pandemia, pede que o grupo viaje unido.

 

 

O plano inicial era que esse primeiro grupo saísse na amanhã (23). Como não será possível fazer um segundo voo, a viagem foi adiada para terça-feira.

Para entrar no Equador, todas as pessoas precisam apresentar um teste PCR negativo. Com essa mudança, os atletas que tiveram o vírus recentemente ganham um dia a mais para testarem negativo.

Na madrugada de ontem para hoje, a delegação que chegou de Goiânia após a partida com o Goiás já foi submetida a exames. Haverá novas baterias nos próximos dias. É provável que Rony, Gabriel Silva e Danilo, que não jogaram no fim de semana, sejam reforços.

Os 18 desfalques de Abel Ferreira para a Libertadores até o momento:

Felipe Melo: cirurgia no tornozelo esquerdo
Wesley: cirurgia no joelho esquerdo
Luan Silva: cirurgia no joelho esquerdo
Willian: covid-19
Aníbal: covid-19
Alan: covid-19
Raphael Veiga: covid-19
Viña: covid-19
Jailson: covid-19
Vinicius: covid-19
Alan Empereur: covid-19
Gustavo Scarpa: covid-19
Gabriel Veron: covid-19
Marino: covid-19
Kuscevic: covid-19
Quiñonez: covid-19
Pedro Acácio: covid-19
Breno Lopes: covid-19

Fonte :
Verdão Web, Verdão Web

Comentários

0 comentários