Durante surto psicótico homem come folhas da bíblia e mata a própria mãe

Durante surto psicótico homem come folhas da bíblia e mata a própria mãe

Um homem identificado como Paulo Henrique da Silva, 23 anos, ao ter um surto psicótico, arrancou todas as folhas de uma bíblia e acabou matando sua própria mãe.

A mãe do homem foi identificada como Paula Valéria da Silva Faria, de 40 anos, segundo familiares, o jovem ainda não consegue acreditar no que aconteceu.

O filho matou a mãe depois de comer folhas da bíblia, acreditando que estava curando um câncer no peito. Ele teria repetido esse comportamento por pelo menos duas semanas, onde a partir daí, a família teria ido atrás de uma ajuda profissional, mas, não conseguiram sua internação na época.

O caso aconteceu em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, logo após o crime Paulo, foi preso em uma unidade prisional comum.

A família informou que o jovem ainda não tem previsão de transferência para um hospital psiquiátrico, mesmo tendo um laudo médico que aponta que ele é portador de doença mental.

Mesmo claramente com distúrbios mentais, ele foi linchado por moradores locais. Após ficar internado um mês em estado gravíssimo de saúde, ele foi transferido a uma unidade prisional. “Após todo esse tempo a família só conseguiu visitar ele há uma semana. Ele ainda não fala coisas com nexo e ainda não acredita na morte da mãe. Não entende como aconteceu”, disse um familiar.

Comentários

0 comentários