FAMÍLIAS DEVEM SE ORGANIZAR PARA PEDIR ENTREGA DE 500 CASAS POPULARES NO AROEIRA, CONFIRA

FAMÍLIAS DEVEM SE ORGANIZAR PARA PEDIR ENTREGA DE 500 CASAS POPULARES NO AROEIRA, CONFIRA

Em São Mateus, as casas do conjunto habitacional ainda não foram entregues. Sem alternativa, beneficiários do programa vivem de aluguel.

Em um dos conjuntos de casas localizado no bairro Aroeira, que abriga 506 moradias, algumas famílias já vivem nos poucos imóveis que foram concluídos. Enquanto isso, outros moradores ainda aguardam o término das obras nos imóveis e a entrega oficial do condomínio.

90% do valor gasto no local foram custeados pelo governo federal. Os outros 10% devem ser custeados pelos moradores das casas, em mensalidades que variam de R$ 50 a R$ 139, dependendo da renda familiar.

Porém, de acordo com os beneficiários, este é um sonho que está demorando a virar realidade. As obras foram retomadas recentemente após a empresa que prestava serviços anteriormente abandonar a construção.

O empreendimento Solar de São Mateus, com 500 unidades habitacionais, localizado no bairro Aroeira está em fase de acabamento, restando apenas alguns detalhes para finalização. O primeiro cadastro de beneficiários ocorreu em 2012. Em 2018 foi realizado um recadastramento para atualização dos dados.

BENEFICIÁRIOS

Enquanto aguardam a convocação para tomar posse das casas, os beneficiários, famílias cadastradas, vivem em sua maioria em casas cedidas por familiares e amigos ou pagando aluguel. Muitos deles encontram-se desempregados e necessita de outros programas governamentais para sobreviver.

A população espera que as casas sejam entregues até a metade do ano que vem. Isto por que aparentemente as casas já estão em condições de habitação, restando apenas questões burocráticas e acabamento das mesmas.

Para obter informações e providências, os beneficiários irão formar um comissão e solicitará uma reunião com representantes da Prefeitura, Caixa e Ministério Público, para que haja celeridade na entrega das casas. Um movimento popular intitulado SOMOSLIVRES se dispôs a intermediar as discussões e que irão beneficiar diretamente 500 famílias do município de São Mateus se obtiver êxito.

Comentários

0 comentários