Brics apoiam entrada do Brasil no Conselho de Segurança da ONU

Brics apoiam entrada do Brasil no Conselho de Segurança da ONU

Bolsonaro reforçou o apelo por um assento permanente do Brasil na ONU.
A candidatura do Brasil para assumir o posto de membro rotativo do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2022 e 2023 recebeu o apoio dos países do Brics.

Há várias décadas, o Brasil, um dos países que mais ocupou o posto de membro não permanente, reivindica um assento fixo.

O apoio do grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul consta no comunicado da 12ª Reunião de Cúpula, que foi realizada, nesta terça-feira (17), de forma virtual.

O comunicado está em linha com alguns pedidos do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Em discurso na abertura do encontro, Bolsonaro reforçou o apelo por um assento permanente do Brasil no Conselho de Segurança da ONU.

O texto conjunto do Brics também defendeu a cooperação internacional para o enfrentamento da pandemia de coronavírus e a distribuição, de forma equitativa, de uma vacina segura e eficaz.

Comentários

0 comentários