Prepara! Balneário Camboriú deve receber reforço de 175 policiais na temporada

Prepara! Balneário Camboriú deve receber reforço de 175 policiais na temporada

A expectativa é que Balneário Camboriú receba reforço de 175 policiais militares para a Operação Veraneio, assunto que foi tratado em reunião entre o deputado estadual Carlos Humberto Metzner Silva com a governadora Daniela Reinehr, nesta segunda-feira (16). Na ocasião, outros assuntos entraram em pauta, como o alargamento da faixa de areia e o Centro de Eventos, que aguarda a abertura dos envelopes do processo de concessão na próxima terça-feira (24).

A governadora confirmou na manhã desta terça (17) que testou positivo para Covid-19. Apesar de não ter sintomas o deputado Carlos Humberto está em isolamento social pelo contato que tiveram durante a reunião e por isso cancelou viagem à Brasília.

O deputado Carlos Humberto, que conquistou a reeleição como vice-prefeito de Balneário, explicou que a reunião aconteceu exatamente para discutir a necessidade de a cidade receber um reforço policial no verão e também de um efetivo fixo. O encontro que durou cerca de duas horas, contou com a presença do Comandante Geral da PMSC, Dionei Tonet e do presidente do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), Valdez Rodrigues Venâncio.

Tonet e a governadora Daniela assumiram o compromisso de disponibilizar 175 policiais militares para a Operação Veraneio 2020/2021, 50% a mais do reforço que a cidade recebeu na última temporada.

“Acredito que isso vai acontecer, sim. Dos 512 soldados que estão em formação, 175 deverão vir para Balneário, permanecendo aqui até março. Também discutimos o reforço no efetivo fixo do batalhão de Balneário, e eles informaram que boa parte desses formandos também atuarão aqui, mas não se sabe quantos. A ideia é nos aproximarmos do efetivo de 2015, pois eles sabem da defasagem atual”, diz.

“Número é condizente com a necessidade”, diz Comandante da PM de Balneário.

 

O Comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva, informou a reportagem que ainda não foi encaminhado nada oficial da PMSC sobre o assunto, mas que já estava sabendo a respeito por parte da imprensa e dos canais de comunicação do deputado Carlos Humberto.

“Já estávamos nos planejando para a Operação Veraneio considerando um reforço como esse. 175 PMs é condizente com a nossa necessidade. Hoje temos o menor efetivo da história da PM de Balneário, com pouco mais de 100 policiais. Já temos um planejamento em mãos, mas se não conseguirmos um reforço considerável, iremos nos readequar e trabalhar com o que tivermos”, explica.
Diferentes modalidades de policiamento

O comandante antecipou ao jornal algumas das ações previstas para a Operação Veraneio, salientando que vão trabalhar ‘com diversas modalidades de policiamento’, como a utilização de motocicletas, drones e bike patrulha.

“Com o uso do drone, vamos conseguir imagens mais amplas de pontos da cidade, e as motocicletas darão apoio nas blitzes. Por exemplo, se percebermos com o drone que um motorista está tentando fugir da barreira policial (que devem acontecer em vários pontos da cidade), o PM que está com a motocicleta consegue abordá-lo com mais facilidade”, comenta.

As bike patrulhas também voltarão a ser utilizadas – hoje estão em ‘hiatus’ exatamente pela ausência de efetivo. A PM também planeja rondas com quadriciclos pela areia da praia.

“O foco é implementarmos diversas modalidades. A Inteligência da PM, no âmbito estadual, está levantando informações de que muitas pessoas não viajarão para o exterior e permanecerão ou virão para o litoral catarinense, e com esse aumento de visitantes nos preocupamos com o planejamento e execução do policiamento”, completa.

Comentários

0 comentários