Balneário Camboriú registrou 22 ocorrências eleitorais

Balneário Camboriú registrou 22 ocorrências eleitorais

Nesse domingo, 15, foi deflagrada a Operação Eleições 2020 pelo Comandante do 12º BPM, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva, acompanhado do Comandante do Policiamento, Capitão Iuri Coura Lima e do Oficial de Ligação das eleições, 1º Tenente Eduardo Cáceres Miotto.

 

No dia de hoje foram realizadas as eleições para prefeito e vereadores nos 10 municípios que compõem o 12º BPM: Balneário Camboriú, Camboriú, Itapema, Porto Belo, Bombinhas, Tijucas, Canelinha, São João Batista, Nova Trento e Major Gercino.

 

A Operação começou já na madrugada de sábado para domingo, com o policiamento preventivo realizado pela Polícia Militar em todos os locais de votação.

 

Em Balneário Camboriú a Operação Eleições 2020 contou com o apoio de 29 Alunos-Soldados oriundos do curso de formação em Florianópolis, além das guarnições especializadas da ROCAM, PPT, Canil, Expediente Administrativo e da Radiopatrulha, com um total de 55 Policiais Militares empregados. Na área que compreende o 12º BPM foram utilizados mais de 200 Policiais Militares na Operação.

 

Nos 10 Municípios que compõe o 12º BPM foram geradas 53 ocorrências eleitorais, 22 em Balneário Camboriú, sendo que em duas delas foram confeccionados Termos Circunstanciados (TC) pelo crime de boca de urna e conduzidos cinco homens de 57, 48, 46, 45 e 43 anos de idade ao Fórum para os procedimentos legais. Nos demais atendimentos não foram constatados crimes eleitorais, gerando apenas orientações por parte da Polícia Militar.

 

No município de Camboriú foram feitos dois Termos Circunstanciados (TC) por crime de boca de urna e conduzidos uma mulher 56 anos e um homem de 40 anos. Além disso, foi realizada uma prisão em Camboriú pelo crime de corrupção de menores e boca de urna, sendo preso um homem de 54 anos.

 

Segundo o Comandante da Operação, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva “devido ao planejamento realizado e ao efetivo empregado em locais estratégicos, a Operação Eleições 2020 transcorreu dentro da normalidade, com a população respeitando as regras de distanciamento social e não sendo contatados crimes de relevância ou outras situações mais graves”.

Comentários

0 comentários