Ramirez se arrepende e liga para o Palmeiras, mas Verdão já fechou com o Português

Miguel Ángel Ramírez parece ter se arrependido do “não” que deu ao Palmeiras. Apuramos que o espanhol entrou em contato com Anderson Barros nos últimos dias para pedir que o Verdão o espere. A ideia do técnico é ficar no Independiente del Valle até o fim da participação do time na Taça Libertadores.

Tal possibilidade, porém, não animou muito os dirigentes alviverdes, que seguem extremamente irritados com a postura do espanhol. Quando Barros embarcou para o Equador, já tinha o “sim” do treinador, que mudou de ideia na metade do caminho. O desacerto com Ramírez deu início a uma enorme pressão pela demissão do executivo alviverde.

Sem a intenção de esperar pela eliminação do Del Valle, o Palmeiras continua em busca de um novo comandante e o novo alvo não está mais na América do Sul e sim na Europa. Mais especificamente em Portugal. “Deve pintar um treinador português”, informa uma fonte alviverde.

A mudança de foco tem a ver com a dificuldade do Palmeiras em encontrar nomes por aqui. Embora se recuse a confirmar, o clube não conseguiu acerto com Ramirez, Beccacece, Ariel Holan e Heinze. Nas últimas horas, também se assustou com a multa rescisória de 6 milhões de euros de Abel Ferreira, técnico português do Paok, da Grécia.

Vale citar que vários técnicos portugueses foram oferecidos recentemente, entre eles Bruno Lage, campeão português com o Benfica na temporada 2018-2019. Ele trabalhava antes no Benfica B e tem como característica o trabalho com as categorias de base, algo valorizado no Allianz Parque.

O Palmeiras já está sem treinador há duas semanas, desde que demitiu Vanderlei Luxemburgo. A ideia é encontrar alguém o mais rápido possível.

Fonte :
Verdão Web, Verdão Web

Comentários

0 comentários