Bolsonaro amplia uso da poupança social digital

Contas têm um limite de movimentação de até R$ 5 mil por mês.
O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou com vetos, nesta quinta-feira (22), o projeto de lei que amplia o uso da conta de poupança social digital.

Com a conversão da Medida Provisória (MP) 982 em lei, a poupança social digital passa a ser permanente e poderá ser ampliada para o pagamento de outros benefícios sociais.

Este tipo de conta permite que as pessoas recebam o auxílio emergencial e outros benefícios sociais e previdenciários sem pagar qualquer tarifa de manutenção.

As contas têm um limite de movimentação de até R$ 5 mil por mês.

Além da isenção de tarifa, a conta permite que o titular faça três transferências eletrônicas por mês sem custos.

O correntista poderá, ainda, usar a conta para pagar boletos bancários.

A conta digital também pode ser fechada ou convertida em conta regular a qualquer tempo, sem custos adicionais.

A Caixa Econômica Federal (CEF) vai operar essas contas de poupança e disponibilizará no seu site e no seu aplicativo a ferramenta de consulta para cidadão, que poderá verificar se há alguma conta aberta em seu nome, a partir da consulta pelo CPF.

Comentários

0 comentários