Governo não vai obrigar vacinação contra coronavírus, diz Bolsonaro

Governo não vai obrigar vacinação contra coronavírus, diz Bolsonaro

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a vacina chinesa será obrigatória no estado.
O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta sexta-feira (16), que o governo não vê a necessidade de obriga a população a tomar uma possível vacina contra o coronavírus.

O posicionamento de Bolsonaro ocorre após o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmar que a vacina chinesa será obrigatória no estado.

Em publicação em redes sociais, sem citar Doria ou o caso de São Paulo diretamente, Bolsonaro destacou trechos de duas leis: a lei 13.979, de 2020, e a 6.259, de 1975.

O presidente Bolsonaro escreveu que, apesar da autorização que a lei de 2020 prevê, o governo federal não vê necessidade de estabelecer a obrigatoriedade da vacinação e que não recomendará a adoção dessa medida pelos governos estaduais.

Além disso, Bolsonaro afirmou que o Ministério da Saúde “irá oferecer a vacinação, de forma segura, sem açodamento, no momento oportuno, após comprovação científica e validada pela Anvisa, contudo, sem impor ou tornar a vacinação obrigatória”.

Comentários

0 comentários