Laços de Família: Íris chega ao Rio e já inferniza Camila no primeiro encontro

Laços de Família: Íris chega ao Rio e já inferniza Camila no primeiro encontro

A deslumbrada e sem noção Íris (Deborah Secco) finalmente chega ao Rio. Destino: a casa da irmã, Helena (Vera Fischer), no Leblon. Já no táxi, ela vibra olhando as paisagens maravilhosas da cidade, grita de felicidade. E ao chegar no apartamento, é recebida por Zilda (Thalma de Freitas). “Irma da dona Helena, certo?”. Íris diz que sim. “Uau! É lindo aqui!”. Zilda diz que lhe mostrará o quarto dela. “É uma suíte, com banheiro só pra você”. Íris sai correndo, observando cada detalhe da casa, até chegar no quarto em que irá fica, que era o de Fred (Luigi Baricelli). Zilda pergunta se ela só trouxe uma mala. “É, eu combinei com a minha irmã, eu só trouxe para uma semana. Aí seu eu ficar mais tempo… Eu tenho certeza que eu vou ficar pra sempre. Aí vem tudo da fazenda, já tá tudo acertado com a minha mãe”, conta ela.

Zilda lembra que veio da Bahia passar um fim de semana na cidade e está até hoje. “Daqui vai ser difícil sair, essa cidade é uma cachaça, vicia”, constata. Quando a empregada a deixa sozinha, ela se joga na cama, mexe nas gavetas. Depois, arruma a mala e coloca uma foto do pai, outra dela com Pedro (José Mayer) e umad e Edu (Reynaldo Gianecchini) ao lado do computador. Depois, ela toma um banho e dorme um pouco por conta do cansaço da viagem. Mas quando desperta, liga para Pedro e informa que chegou. E quanto vê que nem Zilda está em casa, ela vai até o quarto de Helena (Vera Fischer). E fica impressionada com tudo. Logo, se joga na cama da irmã também. Depois vai até a banheira, cheira os sabonetes, experimenta cremes, perfumes e batons. Em seguida, entra no quarto de Camila (Carolina Dieckmann). E começa a mexer em tudo, papéis, cadernos, fotos.

Até que a própria chega e dá de cara com a garota em seu quarto. Camila mostra-se irritada. “Andei mexendo um pouco nas suas coisas. Desculpa, é que eu não conheço direito o apartamento e acabei entrando em todos os quartos. Você tem um monte de roupa bonita. Nossa, eu passo o ano inteiro com um macacão, um no corpo, outro lavando” , fala Íris. Já mais calma, a filha de Helena diz que tomou um susto porque não lembrava que ela chegaria naquele dia. “Você é a Camila, né?”, quer saber Íris. “E você é a irmã da minha mãe”, fala Camila. “Sua tia Íris”, ri a jovem, que vai até ela e lhe dá um abraço. Camila fala que é engraçado ter uma tia mais nova do que ela. Íris fala  que o quarto dela é todo cheio de luxo. “Não, é simples”, afirma Camila. “Ué, pra você”, rebate a moça. “Pra eu que tô chegando do meio do mato…”, fala.

ÍRIS OLHA FOTO DE EDU COM HELENA E CAMILA: “SE MINHA MÃE TIVESSE UM NAMORADO DESSES… VOCÊ NUNCA SENTIU VONTADE DE TIRAR UMAS CASQUINHAS?”

Nisso, ela pega a foto de Toshio que estava numa das prateleiras. “É seu namorado, ele?”, quer saber. Camila, meio sem empolgação, confirma. Depois, Íris começa a ler o poema que Camila deu para Edu. “De todos que me beijaram, de todos que me…”. Passada, Camila se adianta e pega o poema da mãe dela. “Nossa, vocês na fazenda não têm roupa, mas são mais curiosos que o pessoal da cidade”, alfineta a jovem. “Eu só ia ler, desculpa”, fala Íris. Camila dá logo um recado a “tia”. “Desculpa, é que eu odeio que mexam nas minhas coisas”, fala. Íris diz que ela tem razão, já que a mãe, Ingrid (Lilia Cabral) também vivia mexendo nas coisas dela e ela não gostava. Camila quer saber se Helena já sabe que ela chegou. E Íris diz que não avisou ainda ninguém.

Logo, a garota aponta para uma foto de Edu com Camila e Helena. “Bonito ele, né?”, fala, abrindo um sorrisinho. Camila não entende o motivo da risadinha. “Acho que se a minha mãe tivesse um namorado desses, sei lá, eu ia tentar dar umas investidas (risos). Você nunca sentiu vontade de tirar uma casquinha, não?”, quer saber Íris. Camila muda de expressão e fica séria. “Que conversa é essa, Íris?”, diz. “Deixa pra lá. Foi só uma bobagem que passou na minha cabeça”, afirma. Camila pede licença e diz que precisa tomar um banho. “O quarto do seu irmão é bonito, mas é muito masculino. Eu prefiro o seu”, diz. “Eu também”, fala a jovem. Íris pergunta se Camila ficou zangada com ela. “Porque eu fiquei mexendo nas suas coisas”, diz.

Camila diz que não, mas que ela não gosta mesmo que mexam. Íris se desculpa e fala que não fará mais. Camila diz que se ela quiser algo emprestado, é só falar. “Enfim, eu não sou tão egoísta, como pode parecer”, diz a filha de Helena. Íris dá um abraço na sobrinha. “Ai, obrigada, Camila”. Quando a garota sai, Camila faz uma cara de, “meu Deus, o que é essa garota…”. E Íris volta para o seu quarto, feliz da vida. Depois, diante da Zilda, Camila reclama que Íris é muito metida. “Tão criança, né?”. “Criança? Tem quase a minha idade”, fala.

Fonte :

Comentários

0 comentários