GREVE GERAL: FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA DE SÃO MATEUS AMEAÇAM GREVE POR DESRESPEITO DO PREFEITO E ALIADOS, CONFIRA

GREVE GERAL: FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA DE SÃO MATEUS AMEAÇAM GREVE POR DESRESPEITO DO PREFEITO E ALIADOS, CONFIRA

Diversos funcionários públicos ameaçam iniciar uma greve caso o desrespeito com a categoria continue. Segundo os funcionários que preferem não se identificar por medo de represálias, são diversas as situações que dificultam o dia a dia do trabalho, ameaçam a competência e amedrontam os trabalhadores.

Os relatos são principalmente em relação a interferências externas de “aliados” do atual Prefeito, Daniel Santana, no serviço prestado. Por exemplo algumas denuncias dão conta de que os funcionários da área de saúde, são obrigados a passarem algumas pessoas na frente na fila de consultas e exames agendados a pedido dos aliados do Prefeito.

“Ontem eu recebi uma ligação durante o expediente de um Blogueiro que é amigo do Prefeito e candidato a vereador, ele me enviou a foto de um documento pelo whatsapp e disse que era pra marcar um exame que tem pessoas que ja esperam a vários meses na frente, quando eu expliquei isso pra ele, o Blogueiro ficou enfurecido e disse que minha cabeça iria rolar, e chegou até a chingar, dizendo que quem mandava na Prefeitura é ele,” Disse uma funcionária.

Outro funcionário da Central de Ambulâncias disse que recebeu uma ligação de um Vereador aliado do Prefeito solicitando que ele levasse uma pessoa do Bairro Jambeiro ao Bairro Nova Era. Quando chegou no local, o funcionário percebeu que a pessoa não estava doente, e que se tratava de uma especie de carona prometida pelo Vereador. Daí começou uma confusão, e ao se negar em dar a referida carona na Ambulância do Município, o funcionário foi ameaçado pelo Vereador que disse que ele seria demitido se não cumprisse o ordenado. Amedrontado, o funcionário permitiu que a pessoa adentrasse no veiculo e levou até o local indicado pelo Vereador.

Já uma das piores situações que chegou a se tornar caso de Polícia, foi envolvendo uma Assistente Social, que também por meio telefônico recebeu uma ligação de um aliado de Daniel, que estava presente do outro lado da linha em uma reunião, que disse que havia passado uma lista com 10 nomes de pessoas através do Whatsapp para a Assistência Social, que no caso deveriam receber Doações de Cestas Básicas. Ao chegar nas diversas residências onde foi determinado, a Assistente Social, junto com dois Guardas Patrimoniais perceberam que os beneficiados possuiam renda e dois deles até possuiam um ponto comercial, e que a suposta “Ajuda” se tratava de Compra de Votos para a candidatura a Vereador do homem que também é identificado como  um dos “laranjas” do Prefeito de São Mateus.

Esses são apenas alguns dos fatos relatados que esta levando a comissão formada por Funcionários Públicos a entrarem em Greve Geral no Município de São Mateus. Entramos em contato com a Prefeitura de São Mateus para sabermos o posicionamento frente às acusações, mas até o fechamento desta edição não recebemos retorno da Secretaria de Comunicação.

Comentários

0 comentários