Mulher faz faxina e encontra sucuri de quase dois metros na varanda de casa

Uma dona de casa levou um susto ao encontrar uma sucuri de quase dois metros de comprimento durante uma faxina em casa na manhã da segunda-feira (12), em Corumbá, região do Pantanal de Mato Grosso do Sul. Segundo o Corpo de Bombeiros, a moradora do bairro Dom Bosco limpava o local quando notou alguns móveis se mexendo.

Ainda de acordo com a corporação, o animal que mediu 1,80 metro de comprimento, estava entre a mobília da varanda da residência.

Militares do 3° Grupamento de Bombeiros foram acionados para a captura do animal. A sucuri aparentemente sadia, não apresentava ferimentos e foi solta na mata nativa distante do perímetro urbano da cidade.

Em julho, uma sucuri de aproximadamente 5 metros de comprimento foi flagrada tomando sol em uma escada de madeira às margens do rio Formoso, no balneário municipal de Bonito. A cidade, que fica a 298 quilômetros de Campo Grande, na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, é polo do ecoturismo no Brasil, e já recebeu o prêmio de melhor destino de turismo responsável do mundo, o World Responsible Tourism Awards.

De acordo com o gerente do balneário, Ronaldo Queiroz, o flagrante foi feito por um guarda-vidas que estava acompanhado de mais dois funcionários. Após ser filmada, a cobra mergulhou no rio e desapareceu na sequência.

Segundo Queiroz, os funcionários faziam uma espécie de inspeção no local quando avistaram a cobra tomando sol em uma escada que dá acesso as águas cristalinas do Rio Formoso. O balneário não recebe visitantes há mais de três meses por conta da pandemia do novo coronavírus.

Fonte :

Comentários

0 comentários