Mãe escondia filha recém-nascida em armário para matá-la de fome; assista

Os irmãos pensaram que a ‘menina era fantasia’ nos seis meses de sofrimento e fome

Uma moradora do distrito de Urais na Rússia escondeu sua filha recém-nascida no armário por seis meses.

Na cidade de Karpinsk, a moradora local Yulia, de 37 anos, manteve sua filha recém-nascida em um armário por seis meses. Segundo sua amiga, Yulia estava grávida, mas quando deu à luz contou a todos que a criança havia morrido. Ninguém sabia que a criança estava viva e que a mulher mantinha a menina em seu apartamento em uma bolsa no armário. Julia já tem dois filhos: um menino de 13 anos e uma filha de 3 anos. Veja o vídeo:

O menino ficou calado, e a menina do jardim de infância disse que eles tinham uma boneca, “como se estivessem vivos, o nome deles é Polina”. Mas ninguém prestou atenção: eles pensaram que a menina era pequena, ela fantasia, – disse Irina, sua amiga, à mídia local.

O bebê foi encontrado por amigos da mãe durante uma visita à sua casa. Começaram a beber, depois ouviram sons estranhos, se valeram da condição da mãe que estava bêbada . Eles abriram o armário e viram a garota dentro de uma bolsa com sinais óbvios de fome. “Já estavam bêbados, começaram a chorar, ao filmar o bebê e a perguntar à mãe como era possível, por que a menina sofreu tanto”, relatou a mídia local.

Seus dois filhos foram levados para o orfanato.

Fonte :

Comentários

0 comentários