Apanhador de cobras é mordido no rosto por píton durante live no Facebook

Um apanhador de cobras de Queensland, na Austrália, teve o rosto mordido por uma cobra píton-ametista fêmea, durante uma live no Facebook. Ele demonstrava por que não se deve manusear cobras, enquanto manuseava o réptil, quando foi atacado. Felizmente, a espécie não é venenosa.

A transmissão ao vivo acontecia na página oficial do Goald Coast and Brisbane Snake Catchers. As pítons-ametista são uma das maiores espécies de cobras da Austrália, famosas por serem muito agressivas.

Pesquisadores capturam tubarão-branco de duas toneladas: ‘Rainha do oceano’
A vítima do ataque se chama Tony. No vídeo ao vivo, ele comenta: “Se tem uma coisa que posso te contar é que essas cobras são fora da média quando o assunto é temperamento. Elas são muito, muito bravas”.

Para iniciar a demonstração, Tony usou um gancho de cerca de meio metro para retirar a cobra de seu viveiro e levá-la a um quintal. Lá, ele a pegou em mãos, mas o réptil começou a se mover pelo corpo do apanhador, na direção do pescoço dele. Então, o atacou no rosto.

A mordida fez estrago: em poucos segundos, sangue escorreu pelo rosto de Tony. As pítons-ametista têm presas grandes, famosas por fazerem bastante estrago. A cobra em questão ainda tentou morder a assistente do apanhador, Brooke.

Apesar do susto e da vergonha, Tony ficou bem. “Isso foi um pouco embaraçoso, não foi? Eu tenho de admitir, é a primeira vez que sou mordido no rosto por alguma coisa”, ele afirmou.

Fonte :

Comentários

0 comentários