Junior Barranquilla quer tirar do contrato cláusula de Obrigação de compra de Borja

Junior Barranquilla quer tirar do contrato cláusula de Obrigação de compra de Borja

O Junior Barranquilla quer tirar do contrato que tem com o Palmeiras a cláusula de obrigação de compra de Borja em caso de metas atingidas.

 

 

O vínculo feito entre o time colombiano e o brasileiro prevê a obrigação de adquirir 50% dos direitos econômicos do atacante por US$ 4,3 milhões (quase R$ 24 milhões) caso ele faça 23 gols ou atinja 73% dos jogos disputados.

Sem ter dinheiro para fazer a aquisição, o Junior vetou a presença de Borja nos jogos para evitar que seja obrigado por contrato a fazer isso. O empréstimo por lá vai até dezembro.

Borja despertou interesse do Beskitas, mas não houve oferta oficial. A ideia para que a cláusula seja cancelada é que o jogador tenha liberdade para atuar e volte a chamar atenção de outros times europeus que possam comprá-lo na próxima abertura de janela.

Caso contrário, o atleta precisará ficar encostado no Barranquilla e voltará para o Alviverde no próximo ano com um longo tempo sem atuar.

O atacante jogou em 16 dos 18 jogos do time colombiano na temporada e fez sete gols. Nos últimos três jogos, ele começou como reserva. Ele tem três gols nas últimas seis partidas.

 

O Palmeiras comprou 70% dos direitos econômicos de Borja por US$ 10,5 milhões, o que na época significava R$ 34 milhões. Recentemente, após disputa na Fifa, o Alviverde ainda precisou desembolsar mais US$ 3 milhões pelos outros 30%.

Fonte :
Verdão Web, Verdão Web

Comentários

0 comentários