Augusto Aras promete apoio à continuidade da Lava Jato

Após atritos, o PGR ouviu demandas de membros da Operação em Curitiba, Rio e São Paulo.

As forças-tarefas da operação “Lava Jato” e o procurador-geral da República, Augusto Aras, se reuniram pela primeira vez na última sexta-feira (2).

O encontro em Brasília, que teve participação de integrantes dos três grupos de trabalho que compõem a operação, acontece após meses de fogo cruzado. A subprocuradora-geral Lindôra Araújo, braço-direito de Aras, também esteve presente na reunião.

No encontro, segundo o site Metrópoles, os coordenadores da Lava Jato em cada estado falaram sobre o andamento dos trabalhos e sobre as necessidades locais para a manutenção das investigações em curso.

De acordo com informações do Ministério Público Federal (MPF), Aras e Lindôra “garantiram apoio institucional à continuidade dos trabalhos”.

Para São Paulo, especificamente, serão enviados novos membros e assessores. Ao Rio de Janeiro, foi prometida ampliação da assessoria técnica.

Comentários

0 comentários