O inexplicável e explicável Palmeiras invicto de Luxa

Após vinte jogos invictos, sendo dez empates e dez vitórias, com aproveitamento de 65,6% dos pontos disputados em jogos oficiais em 2020 e apenas 2 derrotas, sendo ambas no Campeonato Paulista, entre erros e acertos o Palmeiras é Campeão Paulista, time com melhor campanha na Copa Libertadores e terceiro colocado do Campeonato Brasileiro com 1 jogo a menos do que o segundo colocado.

Analisando apenas números de maneira macro, parecem improváveis os questionamentos da campanha alviverde em 2020, contudo, as críticas existem e não podem ser ignoradas, assim como os acertos existem e não podem ser esquecidos.

O treinador tem aproveitado muito bem os garotos, colocado os jogadores com melhor desempenho para jogar, encontra soluções no próprio elenco para posições carentes, melhora a produtividade dos jogadores com mudanças de posições, posiciona bem a equipe de acordo com o melhor esquema tático para determinada partida, com experiência orienta com detalhes algumas nuances que podem acontecer durante as partidas, conhece o clube e transmite aos jogadores o que nós torcedores esperamos da equipe.

Somando se os pontos positivos aos resultados obtidos, dificilmente existiriam argumentos suficientes para a demissão do técnico. Acredito que nem ao mesmo exista meta imposta ao técnico para ser campeão em 2020, devido a redução dos investimentos e principalmente ao projeto de consolidação da base.

Porém existem erros, e estes não podem ser ignorados, a equipe tem dificuldades sérias na criação das jogadas, e nos momentos de transição defensiva e ofensiva. A circulação da bola por todos os setores do campo sem que haja jogadas incisivas e a mesma retorne para a defesa, comprovam este fato.

Em várias partidas, houveram perdas de posse sem que houvessem finalização. Os posicionamentos base existem, as ideias existem, mas as movimentações não são coordenadas para que criem linhas de passe e espaços para a infiltração. Está responsabilidade segundo Luxemburgo são delegadas aos jogadores. Porém é justamente neste aspecto que o futebol evoluiu. Os jogadores possuem menos tempo para tomada de decisão e para desenharem por si só as jogadas a serem executadas.

Esta nova velocidade e encurtamento do campo de jogo, obrigam que os movimentos sejam treinados e se tornem hábitos, para que as tomadas de decisão sejam rápidas, para que as jogas sejam criadas.

Neste aspecto nosso treinador precisa ter humildade e reconhecer que a equipe precisa evoluir, não entendo ser necessário a troca de treinador, e sim talvez a chegada de alguém que possa auxiliar nos treinamentos com ideias modernas.

A diretoria também possui papel fundamental para que aconteça a evolução, sem que exista a troca de treinador, é necessário clareza e conversas constantes em busca de melhoria contínua. Não possuo dúvidas que tais reuniões aconteçam, mas possuo dúvidas de que se os pontos necessários são abordados, pois jogo a jogo, apesar das vitórias, não existe evolução nos principais problemas

Fonte :
Palmeiras Online, Palmeiras Online

Comentários

0 comentários