Após desencantar, Rony desmente boatos de problemas psicológicos

Rony enfim desencantou pelo Palmeiras. O atacante de 25 anos marcou o quinto gol do Verdão na vitória por 5 a 0 sobre o Bolívar-BOL, no Allianz Parque, pela Copa Libertadores, e balançou as redes pela primeiras vez com a camisa alviverde desde que foi contratado, em fevereiro deste ano.

 

 

Em entrevista ao canal Sportv, o camisa 11 palmeirense negou que a má fase vivida no clube paulista tenha sido causada por problemas psicológicos. Além disso, ele afirmou estar sentindo em casa no Verdão.

“Sempre mantive a cabeça boa e sabia que na hora certa as coisas iriam começar a acontecer. Muito se falava que o ‘Rony precisava fazer um trabalho psicológico’ e que o ‘Rony está com problema psicológico’. Isso jamais vai acontecer comigo, porque tenho Deus comigo”, declarou.

“Eu me senti em casa no Palmeiras, sabia que ia fazer uma história e graças a Deus estou construindo uma história, pois ainda tem muito o que acontecer”, acrescentou.

Já sem a pressão de marcar o primeiro gol, Rony admitiu que chegou a ver as brincadeiras nas redes sociais relacionadas ao mau momento pelo Palmeiras. Depois de balançar as redes, o jogador comemorando dando uma cambalhota, algo que é “natural”, segundo ele.

“Como vocês falaram, tinham até os ‘memes’ de que o Rony não iria virar cambalhota se fizesse gol, porque tinha desaprendido. É uma coisa que faço há muito tempo. Fazer gol é uma emoção que não tem como explicar para vocês. Meus familiares brincam que é algo para mim tão natural que acabo fazendo e não lembro [risos]”, completou.

 

Com a goleada sobre os bolivianos, o Verdão chegou a 13 pontos conquistados no Grupo B da Libertadores e garantiu a classificação antecipada às oitavas de final. Agora, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo volta a campo já no próximo sábado, às 19h (de Brasília), quando recebe o Ceará, no Allianz Parque, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte :
Verdão Web, Verdão Web

Comentários

0 comentários