Grávida é espancada pela ex do marido dentro de supermercado

Agressora é ex-mulher do marido da vítima e já teria feito ameaças a ela; boletim de ocorrência foi registrado

M.A.D, que está no quarto mês de gestação, foi agredida em um supermercado. Ela fazia compras quando a ex-mulher de seu marido deu um tapa extremamente violento em seu rosto. 

Imagens da câmera de segurança mostram que a vítima cai e não consegue se defender devido à força com que a agressora parte para cima dela.

A grávida grita com ela, que continua a estapeá-la. Quando começa a agressão, várias pessoas olham e se afastam. Em seguida, as pessoas se aproximam, mas continuam apenas assistindo a mulher bater na grávida. Até que um funcionário e clientes do estabelecimento separam a briga e protegem a vítima.  

O marido da vítima tem um filho com a agressora e a guarda é compartilhada. Segundo a Polícia Civil, os atritos começaram primeiramente entre o ex casal por conta do novo casamento, tempos depois a agressora começou ameaçar a vítima e até o bebê que ainda não nasceu.

Em um página da cidade, no Facebook, internautas chamam a atenção para a atitude dos presentes e destacam a falta de empatia.

“Que falta de empatia das pessoas. Todos olhando como se fosse normal. Que vergonha de vocês que estavam só olhando e parabéns ao rapaz que ajudou a mulher grávida. Ao restante que ficou assistindo, nojo de cada um”, escreve uma mulher. 

Outra pessoa escreve “não interessa o motivo (da agressão), foi errado a atitude dessa louca em empurrar uma grávida…Seja qual for o motivo pra mim tinha que estar presa, apanhando na cadeia, pois quase um inocente perde a vida”.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Delegacia de Polícia investiga o caso. 

Fonte :

Comentários

0 comentários