Governo Doria compra 46 milhões de doses da vacina chinesa contra covid-19

O governo de São Paulo fechou um contrato de US$ 90 milhões com o laboratório chinês Sinovac Biotech para a compra de 46 milhões de doses da vacina contra a covid-19.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (30) durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Os imunizantes, chamados de CoronaVac, serão produzidos e envasados em São Paulo, no Instituto Butantan.

As 46 milhões de doses devem chegar ao país até dezembro deste ano.

O contrato ainda prevê a possibilidade de compra de mais 14 milhões de doses que seriam entregues até fevereiro de 2021.

“Confiantes que estamos no resultado desta vacina, nos 50 mil testes realizados na China sem contraindicação, estamos avançando com esperança que essa será uma das mais promissoras vacinas contra Covid-19”, afirmou o governador João Doria (PSDB).

Vamos assinar aqui o contrato de fornecimento dessas 46 milhões de doses de vacina e também o contrato de transferência de tecnologia para o Instituto Butantan, que muito em breve produzirá a vacina na nova fábrica da vacina no Butantan”, completou.

De acordo com Doria, seu governo aguardará o término da fase 3 de testes no Brasil e sinalização positiva da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) antes de começar a imunização da população no estado.

O governador ainda declarou que sua ideia é fornecer o imunizante chinês ao governo federal, a fim de que Ministério da Saúde faça a distribuição em escala nacional

Comentários

0 comentários