CBF e clubes têm data em mente para o retorno do público aos estádios no Brasileirão; veja

Após dias turbulentos, discussões fervorosas e muita polêmica, CBF e clubes da Série A do Campeonato Brasileiro decidiram que vão continuar com os diálogos com autoridades pela volta do público aos estádios. Os envolvidos trabalham com uma projeção a curto prazo e têm expectativas para a reabertura dos portões no começo de novembro: dias 7 e 8 – início do 2º turno –, lembrando que as partes se encontram a cada 15 dias para debater o assunto.

De acordo com informações do UOL Esporte, CBF e times pensam nestas datas por “isonomia”. Ou seja, eles acreditam que o correto é que o público volte aos estádios de todo o país ao mesmo tempo e que é justo que um turno seja com portões fechados e outro com os portões abertos. A expectativa inicial é pela liberação de 30% da capacidade dos estádios nessa primeira etapa e, a depender das autoridades, de 50% na reta final da competição.

Com a decisão e prazo estipulado, a CBF e os 19 clubes – o Flamengo não participou da reunião – acabaram com os planos do próprio Rubro-Negro Carioca e da Prefeitura do Rio de Janeiro, que pretendiam liberar a volta do público aos estádios no começo de outubro. Cabe notar que Fluminense, Botafogo e Vasco, que também poderiam contar com o retorno de seus torcedores, também foram contra o retorno e acreditam que todos os portões devam ser reabertos ao mesmo tempo.

Vale lembrar que a CBF colocou, devido ao movimento do Mais Querido e do Rio, em seu protocolo de segurança enviado e aprovado pelo Ministério da Saúda, o mês de outubro como o de volta do público aos estádios. Contudo, diante de tantas adversidades, a entidade e clubes recuaram.

Fonte :
90 min

Comentários

0 comentários