Novo casal: Lidia e Magno engatam namoro em Amor de Mãe

Uma outra grande novidade estará presente na segunda temporada da novela Amor de Mãe, que deve voltar ao ar em janeiro para exibir os seus últimos 23 capítulos: um casal lésbico improvável surgirá.

A parceria amorosa se dará entre as amigas Penha (Clarissa Pinheiro) e Leila (Arieta Corrêa), segundo o jornal Extra. Elas se aproximam ainda mais após a viúva de Wesley (Dan Ferreira) ser presa na trama das 9.

Vale dizer que Penha será presa por conta do assassinato do homem que foi contratado para matar Raul (Mutilo Benício) na trama da Globo. Leila se comove ao ver que Belizário não fará nada para livrar sua amiga da prisão, e então decide ela mesma agir.

Além delas, Lídia (Malu Galli) e Magno (Juliano Cazarré) contrairão coronavírus e acabarão tendo um romance sério. Eles começam a se olhar de outra maneira a partir do momento em que o frentista faz reparos na mansão da ex-alcoólatra.

Após alguns dias isolados em quartos de hotel e fazendo testes de covid, ambos foram liberados e gravaram mais de 20 cenas do novo casalzão da trama da autora Manuela Dias num dia só, para otimizar o tempo de produção.

Cada um dos atores da novela fica isolado em seu quarto e recebe as refeições em embalagens lacradas, para a segurança de todos, neste “novo normal”, que deve durar ainda mais alguns meses.Já na Globo, elessó tiram a máscara pouco antes de gravar.

MAIS EM AMOR DE MÃE:
Ainda na trama da Globo, a enfermeira Betina (Isis Valverde) será convocada para a linha de frente para atuar na luta contra o covid-19. E por conta disso, acabará contraindo a doença e se dará mal.

Ela chegará à beira da morte e permanecerá 2 meses internada, sedada e entubada. Mas sairá bem desta, com poucas sequelas. A enfermeira contrai a doença enquanto cuida de Nuno (Rodolfo Vaz).

Além dele, outro que será internado com a doença será o próprio Nuno, seu paciente. De acordo com o Uol, Lurdes ainda aparecerá costurando máscaras para sua família e amigos próximos. A novela deve voltar ao ar em janeiro, fazendo com que A Forçado Querer tenha uma exibição curta.

 

Comentários

0 comentários