Flamengo fez de tudo para não ter jogo, Flávio Gomes sobre polêmica

O jornalista Flávio Gomes afirmou, nesta segunda-feira, durante o programa “Rádio Fox Sports”, que o Flamengo fez de tudo para não entrar em campo contra o Palmeiras, neste domingo. Após entrar na Justiça pedindo o adiamento do confronto válido pelo Brasileirão por cerca de 20 casos de Covid-19 em seu elenco, o clube teve que atuar, no Allianz Parque, por decisão do TST.

 

 

“O Flamengo não queria jogar. O Flamengo fez de tudo para não jogar, e todo mundo sabe disso. Estava (na Justiça) buscando os direitos que achava que tinha, mas não queria jogar. E mostrou que dava para jogar. Do jogo em si, a gente viu um Palmeiras ridículo”, disparou o comentarista.

Pouco antes do debate, Gomes e Fábio Sormani, outro comentarista da atração, debateram sobre a informação de que o dirigente Marcos Braz teria batido o pé para que os atletas fossem ao campo. Contudo, Flavinho rebateu, afirmando que, independente da vontade do dirigente, o Flamengo como clube e seus advogados foram à Justiça pedindo que o jogo não fosse realizado.

PALMEIRAS E FLAMENGO QUASE NÃO ENTRAM EM CAMPO

Após 16 atletas do Flamengo serem diagnosticados com coronavírus, na última semana, o clube pediu à CBF o adiamento da partida, o que foi negado. Após outras decisões judiciais, o duelo chegou a estar inválido até 10 minutos antes do horário marcado. Em seguida, já com os elencos no estádio, o TST autorizou o pedido da CBF para que o confronto acontecesse.

 

Em campo, Alviverde recebeu o Rubro-Negro e abriu o placar com Patrick de Paula em um chutaço de fora da área, que teve um desvio para enganar o goleiro Hugo Souza. Pouco depois, após vacilo da defesa paulista, o atacante do Flamengo Pedro marcou o gol de empate, terminando no empate em 1 a 1. Com o resultado, o Palmeiras chega aos 19 pontos e está na quarta posição do Brasileirão. Já os cariocas estão em sexto lugar, com 18 pontos.

Fonte :
Verdão Web, Verdão Web

Comentários

0 comentários