Caminhoneiros reagem a sequestro e tomam arma de bandido

As vítimas foram até uma fazenda, levando o assaltante com as mãos amarradas, onde pediram ajuda e a PM foi acionada

Dois caminhoneiros, mantidos em cárcere privado, conseguiram render o bandido que fazia a vigia e tomar a arma de fogo. Eles ainda amarraram as mãos do assaltante para trás. Logo em seguida, sem saber exatamente onde estavam, as vítimas saíram em busca de socorro, levando o bandido.

Ao chegarem a uma fazenda, encontraram um funcionário trabalhando na lavoura e logo explicaram o que estava acontecendo. Todos foram até a sede da propriedade e acionaram a Polícia Militar.

A PM de Campo Novo do Parecis foi acionada por volta das 3h30 desta sexta-feira (25). Quando as viaturas estavam chegando, as pessoas se distraíram e o bandido conseguiu fugir pela escuridão, mesmo com as mãos amarradas.

Quando amanheceu, os policiais conseguiram prender o bandido no meio da lavoura colhida.

O sequestro

Um motorista relatou que foi até Vilhena (RO) comprar uma peça para sua carreta que tinha apresentado problema na MT-235. Por volta das 21h30, quando chegou onde a carreta estava, foi rendido por duas pessoas armadas.

Ele foi colocado num Gol branco junto com outro caminhoneiro que também tinha sido sequestrado, entre os municípios de Sapezal e Campo Novo do Parecis. Então foram levados para o cativeiro.

Do primeiro motorista os criminosos roubaram uma carreta Volvo FH 540, reboques e AJL, que até o momento não foi localizada. Não foi informado se foi levado algum pertence do segundo motorista ou até mesmo a carreta.

O boletim de ocorrências descreve que entre Sapezal e Campo Novo do Parecis está ocorrendo uma série de roubos. As quadrilhas andam fortemente armadas. Em vários casos foi relatado que um Gol branco dava apoio às ações criminosas.

Fonte :

Comentários

0 comentários