Jornalista faz revelação surpreendente sobre Lugano no São Paulo

LDU x São Paulo se enfrentaram na última terça-feira (22), em jogo válido pela quarta rodada do Grupo D da Copa Libertadores da América 2020. A derrota tricolor, por 4×2, teve um componente curioso de um nome da diretoria. Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do SPFC, não esteve na delegação que viajou para o Equador. De acordo com Arnaldo Ribeiro, tal situação não é coincidência.

Em live no canal Arnaldo e Tironi, que mantém junto com o também jornalista Eduardo Tironi, Arnaldo Ribeiro deu um detalhe sobre o cargo ocupado pelo uruguaio na diretoria tricolor. Também destacou uma escolha do charrúa.”O Lugano optou por não ficar mergulhado no futebol, também, por conveniência.

O cargo dele pressupunha, por exemplo, Libertadores”, destacou. Vale lembrar que o uruguaio, no organograma do clube, é o responsável por representar o Tricolor em eventos diversos realizados fora do Brasil.

Incompatibilidade
Na sequência, Arnaldo revelou um detalhe sobre as relações entre o diretor e o atual técnico do São Paulo. “O Lugano nunca aprovou o tipo de jogo do Diniz, nunca se identificou, e é um dos caras que achava que não tinha mais condição depois da humilhação contra o Mirassol. E foi, de novo, voto vencido. Não é coincidência: depois daquela eliminação e da manutenção do Diniz, ele se afastou. Ele não tá jogando contra, gosta e respeita o Raí, mas não concorda. A prova maior é o cara não estar hoje em Quito. É um absurdo”, finalizou o jornalista sobre Lugano.

 

Fonte :
Torcedores.com

Comentários

0 comentários