Empresa desenvolve produto biológico para controle de carrapato-do-boi

A humanidade ganhou consciência dos perigos do excesso do uso de produtos químicos para controle das pragas nas propriedades rurais. Nota-se uma utilização mais orientada dos defensivos, a utilização do manejo integrado das pragas, análise dos níveis de danos econômicos e a substituição de produtos químicos por biológicos.

Seguindo essa tendência pesquisadores conseguiram isolar e multiplicar um fungo com a capacidade de eliminar os carrapatos tanto dos animais como dos pastos. O nome do fungo não foi liberado pela empresa responsável, mas em conversa com representante comercial da mesma, foi esclarecido que não é o mesmo que atua no controle da cigarrinha da pastagem, apesar do modo de ação e de aplicação ser semelhante.

Por ser um inimigo natural dos parasitas, esses fungos apresentam eficiência no controle e não indica risco para a saúde do animal, podendo ser recomendado em qualquer faixa etária, mesmo em vacas em lactação, sem a necessidade de período de carência. A recomendação é que se faça a aplicação em todos os animais, com maior foco nas áreas mais infestadas e se possível nos pastos, visto que a grande maioria dos carrapatos não estão nos animais, mas sim nas gramíneas.

As aplicações devem ter intervalos de 7 a 21 dias, caso a infestação esteja alta o espaço deve ser reduzido. Sempre nas horas mais frescas do dia para não prejudicar a eficiência do produto, já que os fungos são sensíveis aos raios UV do sol, também é recomendado que não seja aplicado em dias de chuva para não ter a perda do produto. O uso de equipamentos contaminados com produtos químicos também prejudicará a eficácia desse controle biológico.

Segundo o site da empresa responsável pelo produto o mesmo ainda esta em fase de registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, dessa forma ainda não é comercializado, porém é possível que os interessados entrem em contato com a empresa para solicitar uma parceria, assim a empresa consegue fazer mais testes de campo do produto conseguindo maior volume de dados para melhorar o produto futuramente.

Fonte :

Comentários

0 comentários