Mãe pede exumação do corpo do filho e descobre que caixão esteve vazio por 42 anos

A mulher processou o hospital que conduziu o nascimento do filho e enviou o corpo para o enterro

Uma mãe luta na Justiça para saber o que aconteceu com o corpo do filho. Ela descobriu recentemente que o caixão estava vazio. O filho de Lydia Reid, escocesa, morreu em 1975, com apenas uma semana de vida.

Após ela suspeitar da falta de elementos de decomposição no caixão, ela pediu a exumação do corpo, em 2017. Foi então descoberto que não havia corpo. A mãe processou o hospital de Edimburgo que conduziu o nascimento do filho e enviou o corpo para o enterro. Ela exige R$ 522 mil em reparações, além do paradeiro do corpo do filho.

Além disso, Lydia suspeita que o corpo do filho foi colocado em um banco com amostras de tecidos e órgãos do órgão de saúde do Reino Unido. A investigação já se arrasta por três anos e Lydia afirma que não obteve nenhuma resposta.

“A investigação está em andamento. Como tal, não é apropriado emitir comentários neste momento”, é a resposta oficial do escritório da promotoria local.

Fonte :

Comentários

0 comentários