Felipe Melo ironiza críticas e defende Luxemburgo: “Não sei se as pessoas são burras ou se não querem entender”

O zagueiro Felipe Melo ironizou as críticas recebidas de forma constante pelo Palmeiras por causa das atuações abaixo do esperado, apesar do clube alviverde ser o time da Série A com menos derrotas no ano até momento, com apenas dois revés. Em entrevista à ESPN Brasil antes do confronto contra o Guaraní-PAR, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores, o camisa 30 afirmou, de forma irônica, que o time precisa melhorar para “começar a vencer e não perder

“O Flamengo é um time que já está jogando um futebol finado há muito tempo. O Atlético-MG, também tem jogado muito bem. O São Paulo tem um ótimo time. O Internacional com um timaço. Enfim, são muitos grandes clubes jogando muito bem. Só o Palmeiras que, infelizmente, não tem dado a resposta para as pessoas. Mas a gente espera melhorar, começar a vencer e não perder”, começou Felipe Melo.

Ao ser ‘lembrado’ pelo repórter que é justamente ao contrário, que o Palmeiras dificilmente perde, Felipe Melo explicou a resposta. “Tudo que a gente faz não dá certo (na visão da crítica)… ganhamos o Campeonato Paulista, mas o time adversário que foi guerreiro porque fez gol no final, e quem ganhou fomos nós. Aí fomos lá e ganhamos de 2 a 0 (no Brasileiro), mas o adversário que jogou mal. Não sei mais que resposta dar.”

O capitão palmeirense ainda lembrou a entrevista de Vanderlei Luxemburgo após o empate sofrido diante do Grêmio já nos acréscimos da partida, pela rodada do Brasileirão. Na ocasião, após o jogo, o treinador afirmou que por não ter a necessidade de querer fazer o segundo gol, o time tocar mais a bola e ganhar um pouco mais de tempo.

“Entendo que temos que melhorar muito, por exemplo, não podemos tomar um gol como tomamos contra o Grêmio no fim. E o meu treinador disse entrevista que não precisávamos fazer o segundo gol, mas não sei se as pessoas são burras, ou se elas não querem entender – eu entendo que elas não querem entender, porque a maioria das pessoas que trabalham em emissoras, que falam de futebol, são inteligentes, independente de terem jogado ou não”, disse Felipe Melo

“O que o treinador quis dizer: se você está ganhando de 1 a 0, segura a bola, trabalha a bola, dá um chute para frente para o atacante segurar, cava uma falta, faz o que estamos acostumados a ver times argentinos e uruguaios fazerem. Vocês querem o que? Que o treinador tire um atacante e coloque outro atacante? Tem que saber jogar o jogo, saber o momento”, completou o zagueiro. Pq

 

Fonte :
Torcedores

Comentários

0 comentários