Cidadãos de Manaus podem estar livres da pandemia

Imunidade de rebanho foi atingida em julho, apontam pesquisadores da USP

É possível que a vida já possa voltar ao normal em Manaus, capital do Amazonas.  A imunidade de rebanho teria sido atingida, segundo pesquisa coordenada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP).

Esse efeito acontece quando a quantidade de contaminados é suficiente para que a própria população (o rebanho) contenha o vírus com as defesas naturais (imunizantes) de cada organismo.

O estudo indica que a taxa de contaminação pela doença pode ter se estabilizado entre os meses de junho e julho.

Os dados revelam que, até maio, 45,9% da população local já havia contraído o novo coronavírus. No mês seguinte, em junho, a quantia atingiu 64,8%, com uma variação 15 vezes menor em julho — mês em que a proporção de atingidos pela doença se estabilizou em 66,1%.

Entretanto, pesquisadores alertam para o fato de que ainda não há consenso sobre a proporção de uma população que precisa ser infectada com o coronavírus para que a imunidade de rebanho seja alcançada.

Fonte :

Comentários

0 comentários