Cobra entra em tubulação e deixa comunidade sem água no ES

Cobra entra em tubulação e deixa comunidade sem água no ES

A cobra da espécie caninana foi retirada morta e não contaminou a água da região

Moradores do distrito de Farias, em Linhares, no Norte do estado ficaram sem água  na manhã do último domingo (20) por conta de uma cobra que entrou na tubulação.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), que cuida do fornecimento na região, foi acionado por moradores e quando chegaram no local encontraram a cobra morta na tubulação.

As equipes da Saae acreditam que a cobra seja da espécie caninana, espécie típica da Mata Atlântica e que não é venenosa. O diretor do Saae, Zércio Largura, disse que por a cobra estar na entrada da tubulação, não houve nenhuma contaminação na água.

Após a retirada da cobra, uma desinfecção foi feita no local e a água voltou a fluir normalmente para os moradores.  “Ficamos surpresos quando encontramos a cobra. Não tínhamos sido acionados antes para uma ocorrência desse tipo”, comentou Zércio.

De acordo com o biólogo Felipe Mello, a espécie, cientificamente chamada de Spilotes pullatus, é muito ágil, veloz e pode atingir até 2,5 metros de comprimento. “Por isso é temida por muitos, no entanto, não oferece perigo pois é uma cobra não-peçonhenta. Pode se tornar agressiva dando botes para sua defesa quando se sente ameaçada. Nesses casos, ela infla a região atrás da cabeça e levanta a parte frontal em sinal de ataque. Isso é considerado ameaçador para suas presas, por isso os animais, tendem a fugir com medo. Se alimenta de aves e roedores”, explicou.

Fonte :

Comentários

0 comentários