Luxa tem desfalque certo e dúvidas contra o Grêmio

Depois de jogar na altitude de La Paz na quarta-feira, retornar para o Brasil em voo fretado e folgar na quinta-feira, o Palmeiras se reapresenta na Academia de Futebol na tarde desta sexta-feira para iniciar a preparação para o jogo contra o Grêmio, domingo, às 16h, pelo Campeonato Brasileiro.

Com pouco tempo para treinar, Vanderlei Luxemburgo deve priorizar mais uma vez a recuperação física do elenco para definir a escalação para o jogo na Arena do Grêmio. Serão apenas dois dias de atividade em São Paulo antes da viagem a Porto Alegre.

Único invicto no Brasileirão, o Palmeiras soma 17 pontos e abre a 11ª rodada na sexta colocação, três pontos atrás do líder Inter. O time alviverde terá pelo menos um desfalque.

Veja as possíveis mudanças na equipe palmeirense para domingo:

Volta na defesa
Depois de ser relacionado para o jogo contra o Sport, Felipe Melo ficou em São Paulo para participar de um coletivo com o time sub-17 e fortalecer a recuperação de uma lesão muscular na coxa esquerda.

Após a vitória contra o Bolívar, Luxemburgo elogiou o desempenho da defesa, mas indicou o retorno do capitão ao time. Com Felipe Melo à disposição, Luan pode voltar ao banco de reservas. Vitor Hugo é opção para a vaga de Gustavo Gómez, poupado contra o Sport.

Vaga(s) no meio de campo
Uma mudança é certa. Expulso contra o Sport, Zé Rafael terá que cumprir suspensão contra o Grêmio. Em boa fase, o meia-atacante, que já foi volante, vem atuando na armação, mas com papel importante também na marcação.

Bruno Henrique é opção para a vaga. Promovido recentemente ao elenco, Danilo vem ganhando espaço e pode ser utilizado desde o início. Mas o setor pode ter mais alterações.

Poupados à disposição?
Luiz Adriano e Patrick de Paula viajaram para a Bolívia, mas, com dores musculares, foram preservados pela comissão técnica mais uma vez – a dupla já havia ficado fora do duelo contra o Sport, no Allianz Parque.

Outra baixa em La Paz foi Lucas Lima, que se recupera de trauma no pé esquerdo. Sem Patrick, Luxa deu sequência para Ramires nos últimos dois jogos. Na armação, Raphael Veiga foi escalado desde o início no jogo que marcou o retorno da Libertadores.

Na frente, Willian assumiu a função de goleador no lugar de Luiz Adriano e não decepcionou: marcou contra Sport e Bolívar.

Sequência de jogos
Preservado contra o Sport, Gustavo Gómez participou de 25 dos 30 jogos do Palmeiras na temporada – todos como titular. De volta ao time desde o início depois de se recuperar de lesão muscular, Marcos Rocha atuou os 90 minutos da partida da Bolívia.

Quem também tem tido sequência é Gabriel Menino, único titular em todos os jogos do Verdão no Campeonato Brasileiro. Ele também participou de 25 das 30 partidas na temporada.

Os que mais jogaram em 2020:

Willian: 30 partidas
Weverton e Zé Rafael: 29 partidas
Bruno Henrique e Luiz Adriano: 26 partidas
Gabriel Menino e Gustavo Gómez: 25 partidas
Lucas Lima e Ramires: 24 partidas

Rony: o retorno
A estratégia de Vanderlei Luxemburgo para a retomada da Libertadores foi explorar a velocidade de Rony pelos lados do campo na partida contra o Bolívar. Deu certo, e o atacante teve participação direta nos gols – sofreu o pênalti na primeira etapa e deu passe para Gabriel Menino no segundo tempo.

Antes, o Verdão vinha sendo escalado com Wesley aberto pela esquerda. O rendimento ofensivo melhorou com um atleta de velocidade completando a dupla de ataque. Em La Paz, Gabriel Veron chegou ao quarto jogo consecutivo entrando no segundo tempo.

Provável escalação

Com pelo menos uma mudança e muitas dúvidas, o Palmeiras pode ser escalado com Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Felipe Melo, Gustavo Gómez (Vitor Hugo) e Matías Viña; Ramires (Patrick de Paula), Gabriel Menino, Bruno Henrique e Raphael Veiga (Lucas Lima); Rony (Gabriel Veron) e Willian (Luiz Adriano).

Fonte :
Verdão Web, Verdão Web

Comentários

0 comentários