Rony é o Maior Garçom do Palmeiras na Libertadores 2020

Rony é o Maior Garçom do Palmeiras na Libertadores 2020

Rony foi o grande investimento do Palmeiras para o ano de 2020. Contratado junto ao Athletico Paranense, chegou para ajudar Dudu no ataque, mas até pela saída do camisa 7, ficou ainda mais pressionado em atuar em alto nível, para tentar, ao menos, suprir a ausência do ídolo mais recente do clube.

No entanto, as boas atuações não vieram. E não faltaram oportunidades. Rony já soma 19 jogos com a camisa do Palmeiras e quase 1.300 minutos em campo. Em baixa, nos últimos três compromissos do Verdão, esteve no banco e havia atuado somente 12 minutos, contra o Corinthians.

Mas, por outro lado, recebeu mais uma chance de Vanderlei Luxemburgo, ao ser escalado como titular na partida contra o Bolívar, na altitude, jogo válido pela Libertadores. E conseguiu se superar. Além de ter sido um dos mais ativos na partida, participou diretamente dos dois gols marcados pelo Verdão na partida.

O primeiro foi sofrendo um pênalti, ainda na primeira etapa, que terminou sendo convertido por Willian Bigode, chegando ao décimo gol na temporada. Já na etapa final, foi Rony quem deu o passe para Gabriel Menino acertar um belo chute no ângulo superior esquerdo do arqueiro adversário e decretar o fim de um tabu de 36 anos, tempo que um brasileiro não vencia por lá.

Como resultado, apesar de não ter marcado nenhuma vez em três jogos, Rony se isolou como o maior garçom do Palmeiras na Libertadores, chegando ao terceiro passe para gol na competição. Inclusive, foi eleito o melhor jogador da partida pela Conmebol.

Pode ser o início de uma recuperação do bom futebol apresentado por Rony, em 2019 no Athletico Paranaense, hoje com camisa 11 do Verdão. Até porque a Gabriel Veron e Wesley vem pedindo passagem no time titular.

Fonte :
Palmeiras Online, Palmeiras Online

Comentários

0 comentários