Mauro Cezar: “Se jogar esse futebol, dificilmente o Palmeiras será campeão

Ontem (16), o Palmeiras venceu o Bolívar-BOL por 2 a 1, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, com gols de Willian e Gabriel Menino. Segundo Mauro Cezar Pereira, apesar do resultado importante, ele não é indício de que o time dirigido por Vanderlei Luxemburgo brigará por títulos em 2020. O colunista do UOL Esporte deu seus pitacos no “Fala, Maurão”, vídeo gravado todas as quintas-feiras e publicados Plno Facebook, no Instagram e no Twitter do UOL Esporte.

“A grande questão é: o Palmeiras consegue resultados, mas tem um desempenho abaixo daquilo que pode apresentar. Não por acaso, tem mais empates do que vitórias no Campeonato Brasileiro. Alguns deles bem questionáveis como o Goiás, na estreia, e o Sport. O Palmeiras provoca irritação dos seus torcedores até quando vence, como no 1 a 0 sobre o Athletico-PR com gol no final, um lance confuso, depois de uma partida muito ruim das duas equipes. Se jogar esse futebol muito dificilmente será campeão do Brasileiro e da Libertadores”, sentencia o jornalista

De acordo com Mauro Cezar, é preciso melhorar a qualidade do jogo: “Tem que produzir mais futebol. Talvez até perca um jogo ou outro, mas jogando mais passará mais confiança ao seu torcedor de que as grandes vitórias em jogos eliminatórios, torneios de mata-mata e vitórias consistentes em sequência, não empates, em pontos corridos, levarão aos títulos esperados pelo seu torcedor.

“Contra o Bolívar foi uma vitória muito importante, porque em geral os times brasileiros e também argentinos, uruguaios, enfim, sofrem muito nos mais de 3.600 m da cidade boliviana. A forma de jogar do Palmeiras, que se transformou sob o comando de Luxemburgo de forma definitiva praticamente em um time mais reativo, que usa muito velocidade, se fecha, sai rápido, marca forte, evita gols e se protege bastante, funcionou muito bem. Preservou jogadores, favoreceu o desempenho do Rony, que teve uma boa partida, é um jogador que não vem agradando, mas é uma contratação importante, a principal do ano do clube alviverde. Mas teve uma boa adaptação, tudo indica, às questões de altitude e teve um desempenho bom.”

O colunista ainda comentou no “Fala, Maurão” sobre a vitória do Corinthians diante do Bahia, pelo Brasileirão, e também o resultado positivo do Internacional contra o América de Cali, pela Libertadores, e a derrota do Grêmio diante da Universidad Católica. Veja a íntegra no vídeo acima.

Fonte :
Uol

Comentários

0 comentários