Tricolor favorito? Números do São Paulo contra times argentinos na Libertadores impressionam

Tricolor favorito? Números do São Paulo contra times argentinos na Libertadores impressionam

Está certo que a última lembrança que o são-paulino tem contra um argentino, no Morumbi, pela Conmebol Libertadores, é a eliminação para o Talleres. Mas o tropeço inesquecível de 2019 também é, indiretamente, parte de uma invencibilidade que move o Tricolor contra o River Plate, nesta quinta-feira (17). O FOX Sports transmite ao vivo a partida.

O São Paulo defende um retrospecto histórico contra equipes argentinas quando atua em seu estádio pela Libertadores. Em 11 partidas, a equipe brasileira venceu dez vezes e empatou apenas uma, justamente a última. Um aproveitamento de 94%.

A relação de confrontos tem duas finais, em 1992 e 1994 (que foi perdida nos pênaltis, apesar da vitória no tempo normal sobre o Vélez Sarsfield), e vários outros jogos decisivos, como contra Rosario Central, em 2004, o próprio River Plate, em 2005, e o Estudiantes, em 2006.

Veja a lista de jogos abaixo:
1972 – São Paulo 1 x 0 Independiente
1992 – São Paulo 1 x 0 Newell’s Old Boys
1993 – São Paulo 4 x 0 Newell’s Old Boys
1994 – São Paulo 1 (3) x (5) 0 Vélez Sarsfield
2004 – São Paulo 2 (5) x (4) 1 Rosario Central
2005 – São Paulo 3 x 1 Quilmes
2005 – São Paulo 2 x 0 River Plate
2006 – São Paulo 1 (4) x (3) 0 Estudiantes
2015 – São Paulo 1 x 0 San Lorenzo
2016 – São Paulo 2 x 1 River Plate
2019 – São Paulo 0 x 0 Talleres

A relação não conta partidas em que o São Paulo atuou em casa, mas fora do Morumbi, como aconteceu em 2013, no empate por 1 a 1 com o Arsenal de Sarandí, no Pacaembu.

Cabe a Fernando Diniz e companhia manter o bom retrospecto. A equipe tricolor volta a competir na Libertadores depois de mais de seis meses da última partida, quando fez 3 a 0 na LDU, no Morumbi, gols de Reinaldo, Daniel Alves e Igor Gomes. Todos os times do grupo D, incluindo o Binacional, que venceu o São Paulo na altitude do Peru, somam três pontos.

Fonte :
Espn

Comentários

0 comentários