Trump libera voos vindos do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, suspendeu nesta segunda-feira, 14, parte das restrições para brasileiros entrarem nos EUA.

A partir de agora, voos com procedência do Brasil podem pousar em qualquer um dos 149 aeroportos norte-americanos. Antes, o desembarque estava restrito a 15 unidades, com centros médicos maiores e procedimentos mais rigorosos. Outros países também foram beneficiados, como o Reino Unido, a China (exceto Hong Kong e Macau), Irlanda, Irã e os 26 estados-membros da Zona de Schengen, convenção entre países europeus.

Leia também: “A liberdade e as urnas em 2020”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na edição n° 25 da Revista Oeste

Passageiros que pousarem nos EUA têm de passar por inspeção de saúde e cumprir todos os protocolos de proteção e higiene. Contudo, a flexibilização não é válida para turistas. Está mantido o controle rígido às pessoas que embarcarem do Brasil, da China ou de países com restrições e não tiver visto de residente ou de trabalho, green card (o equivalente ao RG brasileiro) ou não for cidadão americano.

Mas o governo dos EUA garante que o relaxamento ao turismo ocorrerá em breve. A expectativa é que as viagens entre Brasil e EUA já estejam em nível pré-pandemia ainda em dezembro deste ano.

Fonte :

Comentários

0 comentários