Homem é preso após jogar combustível e atear fogo no carro da ex-namorada

Homem teria se irritado após vítima recusar contato. Carro estava estacionado em garagem privada, no Núcleo Bandeirante; veículo é avaliado em mais de R$120 mil.

Um advogado foi preso na noite de quinta-feira (10) após atear fogo ao carro da ex-namorada, no Núcleo Bandeirante, no Distrito Federal. O veículo, avaliado em mais de R$ 120 mil, estava no estacionamento do prédio onde a mulher mora.

O caso ocorreu por volta das 19h, na garagem do edifício, que fica na área especial 19. Segundo vizinhos, o homem passou a tarde tentando falar com a ex-namorada, mas não conseguiu. Ele, então, esperou o portão da garagem abrir para invadir o estacionamento.

O advogado jogou combustível no carro mulher, ateou fogo e fugiu. A cena foi flagrada pelo circuito de segurança.

Moradores contam que ouviram pequenas explosões. Por causa das chamas, o edifício precisou ser esvaziado. Ninguém ficou ferido.

Danos
O motor do veículo ficou totalmente destruído (veja foto abaixo). As chamas também atingiram outro carro, estacionado ao lado, danificando o para-choque e a lanterna.

O batalhão do Corpo de Bombeiros fica a poucos metros do prédio. Os militares chegaram ao local e orientaram moradores a desocupar os apartamentos por 40 minutos.

O homem deve responder por destruição de patrimônio alheio e por provocar incêndio. As penas previstas para o crime são de dois a 10 anos de reclusão, além de multa pelo dano.

Nesta sexta-feira (11), a Polícia Civil informou que o advogado permanece preso, até a realização da audiência de custódia.

Fonte :

Comentários

0 comentários