Desfecho Fina Estampa: Saiba qual será o final de Tia Íris e Alice.

Nos últimos capítulos, trambiqueiras se dão bem e viram caminhoneiras .

Em Fina Estampa, após tantos trambiques, Tia Íris (Eva Wilma) e sua fiel
escudeira Alice (Thaís de Campos) se dão bem. Com o dinheiro de mais uma
extorsão contra Tereza Cristina (Christiane Torloni), as duas compram um
caminhão e saem pelas estradas do Brasil tal qual Thelma & Louise – ou como
Pedro & Bino, como prefere lembrar a namorada da veterana chantagista.

O imbróglio sobre o mistério que envolve Tereza Cristina só chega ao fim na
última semana de Fina Estampa, quando Álvaro (Wolf Maya) revela à vilã que ela,
na verdade, é sua irmã. A mãe de Patrícia (Adriana Birolli) é fruto do
relacionamento extraconjugal do marido de Íris com a irmã da trambiqueira. Ao
contrário do que a velha pilantra inventou para a ricaça, ela não é filha da
empregada.

Para que todo o escândalo familiar continue em segredo, Tereza Cristina dá uma
última bolada à tia. A chantagista promete esquecer que a vilã é a filha bastarda de
seu falecido marido em troca de todo o dinheiro que a socialite carrega na bolsa.
“Agora sim, Alice, podemos virar caminhoneiras e curtir a vida”, crava Íris após
“assaltar” a própria sobrinha.

No antepenúltimo capítulo, as duas compram um caminhão e partem sem rumo
certo. “Já pensou, Íris, querida? Nós duas por esse Brasilzão afora, com nosso
possante, comendo prato-feito em birosca de beira de estrada, tomando banho em
posto de gasolina… Ai que vida selvagem!”, antevê Alice, excitada.

“Sem cabeleireiro? Sem manicure? Sem depilação?”, indaga Íris. “Dependendo da
cidade, um ou outro desses luxos, a gente encontra. Mas o que é uma depilação
perto dessa aventura que nós teremos?”, rebate Alice. “Nada! É ótimo! Peludas,
mas felizes!”, conclui a mãe de Álvaro.

Em Fina Estampa, Tia Íris decide partir para Greenville:
“Eu não disse que voltava?”

Já nas estradas, Alice e Íris tentam decidir qual será o primeiro destino. É nesta
cena em que o autor Aguinaldo Silva presta uma “auto-homenagem”: entre as
cidade consideradas pelo casal, aparecem Asa Branca, Tubiacanga, Resplendor e
Santana do Agreste, localidades fictícias de novelas anteriores do escritor.

Diante de tantas alternativas, a dupla opta por Greenville, cidade de A Indomada
(1997), em que a atriz Eva Wilma (intérprete de Tia Íris) deu vida à vilã Maria Altiva.
No último capítulo daquela novela, a megera morre atingida por um raio divino e
surge nos céus da cidade profetizando: “I’ll be back! Me aguardem, eu voltarei!”.

“Well… Não deve ser propriamente uma Manhattan, mas se a batizaram com esse
nome, é porque no mínimo o povo lá fala inglês”, diz Íris, ao decidir seguir para
Greenville. Na derradeira cena, diretamente da boleia do caminhão dirigido pela
namorada, a personagem olha para a câmera e dispara: “Eu não disse que
voltava?”.

No penúltimo capítulo, Álvaro recebe uma carta da mãe noticiando que ela e Alice
criaram uma agência de transporte de cargas na cidadezinha do interior de
Pernambuco. A sequência vai ao ar na última semana da reprise de Fina Estampa,                                                                                                                                                                                                           que deve chegar ao fim em setembro, sendo substituída por A Força do Querer.

Fonte :

Comentários

0 comentários