‘Estou sendo linchado politicamente’, diz Witzel

Witzel foi afastado do cargo de governador há três dias por decisão do STJ.

O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou, neste domingo (30), que é inocente e que está trabalhando em sua defesa.

Em mensagem no Twitter, Witzel também voltou a atacar o ex-secretário de Saúde, Edmar Santos:

“Enquanto foram encontrados R$ 8,5 milhões em espécie com o delator, o ex-secretário Edmar, em minha casa nada foi achado, salvo contratos com notas fiscais emitidas. Ainda assim, o MPF resolveu considerá-los ‘propina’.”
Na sequência de tuítes, Witzel escreveu que, tão logo soube das irregularidades na Saúde, afastou os envolvido:

“Ainda nem deu tempo para a defesa provar que o único ato praticado por mim em relação à (organização social) Unir contrariou interesses espúrios do delator, mas já fui punido com o afastamento do cargo.”

Fonte :

Comentários

0 comentários