PDT e 4 outros partidos  tentam barrar a universalização do saneamento no país

PT, PSOL, PC do B e PSB, assim como o PDT, também entraram com Ação Direta de Inconstitucionalidade, no Supremo Tribunal Federal, a fim de barrar o novo marco do saneamento, sancionado pelo presidente Bolsonaro.

Segundo os partidos, haveria uma espécie de “privatização seletiva” que privilegiaria apenas os municípios maiores e mais rentáveis.

A esquerda não quer que Bolsonaro melhore a qualidade de vida de mais de 100 milhões de brasileiros que não têm coleta de esgoto, e mais 35 milhões que não possuem acesso a água tratada – segundo levantamento mais recente.

Créditos: Revista Oeste

Fonte :

Comentários

0 comentários