Em fim de contrato na China, Alex Teixeira vira tema em clube brasileiro;

O Vasco apresenta seu melhor início no Campeonato Brasileiro dos últimos anos. O Cruz-Maltino venceu as duas partidas que disputou até aqui e, se ganhar o jogo atrasado que tem contra o Palmeiras, o Almirante dividirá a liderança do Nacional com o Atlético-MG. O bom momento da equipe carioca se deve ao técnico Ramon Menezes, que durante o tempo que teve desde a eliminação no Campeonato Carioca conseguiu organizar seu time para a sequência da temporada.

Quem tenta acompanhar Ramon é a diretoria vascaína. Sabendo das dificuldades financeiras do clube e da escassez de jogadores no mercado, os dirigentes do Cruz-Maltino estão usando o dinheiro que entra para pagar dívidas do passado e também acertar os salários do elenco. No início do ano, até mesmo antes da pandemia, muitos jogadores do plantel amargaram vencimentos atrasados devido à crise financeira que a instituição vive.

Alexandre Campello e André Mazzuco chegaram a comentar em lives e em programas esportivos que o Vasco traria, pelo menos, 2 ou 3 jogadores de renome para a sequência da temporada, o que até o momento não aconteceu. Isso revoltou os torcedores, principalmente os sócios-torcedores que estão pagando o seu plano e ajudando o clube carioca a ficar mais forte e com potencial para buscar grandes atletas no mercado. A receita do Cruz-Maltino com o programa gira em torno dos R$ 20 milhões.

O dirigente vascaíno Carlos Leão participou de uma entrevista para o canal do Pedrosa e esclareceu todas as dúvidas que o torcedor tinha sobre onde está indo o dinheiro que o clube recebe do programa. O VP de Finanças confirmou que essa receita está sendo destinada para pagar as dívidas e os salários dos jogadores.

Para tristeza dos vascaínos, ele negou que o clube irá contratar jogadores do nível de Alex Teixeira (grande sonho do torcedor) no momento, ressaltou a dificuldade financeira do Almirante nos meses em que não houve verba da TV devido à pandemia e espera ter um time competitivo no próximo triênio.

“O torcedor do Vasco precisa entender que realmente R$ 20 milhões seria um ótimo dinheiro para contratar um bom jogador, só que a gente não pode fazer isso. Se a gente pega esse dinheiro para gastar com um grande reforço, o que ia acontecer? Ia aumentar dívida, salário de jogador ia atrasar. Infelizmente nossa prioridade hoje não é contratar o Alex Teixeira, por exemplo. Seria ótimo, mas nossa prioridade atualmente é manter nos colaboradores em dia, é fazer e pagar as dívidas que atravancam o clube. O que eu espero é que a gente tenha um time forte no próximo triênio ou dois no máximo”, completou.

Vale lembrar que Alex Teixeira também é alvo do Corinthians, que inclusive já manifestou recentemente um interesse em trazer o atacante para o Parque São Jorge. O contrato do xodó vascaíno com o JS Suning, da China, se encerra em dezembro de 2020.

Fonte :

Comentários

0 comentários